Notícias de Setembro de 2014

Assim termina o mês de setembro:


  • Bolsa recua mais de 11% no mês (link aqui).
  • O déficit primário de agosto foi R$ 14,5 bilhões. É o maior para o mês desde 2008, é a primeira vez que temos quatro meses seguidos de resultado negativo, além disso é o pior resultado da história para o acumulado no ano e em proporção ao PIB (link aqui). Carlos Hamilton, diretor de Política Econômica do BC, reconheceu o risco da política fiscal tornar-se expansionista. Conheço o Carlos Hamilton da época da EPGE, trata-se de um excelente economista que está na ingrata função de defender o indefensável, conheço o sentimento e como forma de solidariedade anuncio que reconheço o risco do Botafogo não ficar entre os quatro melhores do Brasileirão em 2014.
  • Governo arrecada 30% menos que o esperado no leilão da telefonia 4G (link aqui).
  • De acordo com a edição mais recente, 26/9, do Relatório Focus do Banco Central a expectativa de inflação para o ano é de 6,31%, a taxa de crescimento esperada é de 0,29%, espera-se uma queda de 1,95% na produção industrial (link aqui).
  • O dólar chegou a 2,45. Nada contra, sou da turma do câmbio flutuante, mas é fato que o BC está no mercado tentando segurar o dólar, a despeito do esforço o dólar desvalorizou aproximadamente 9,4% em um mês (link aqui). Em africâner alguém diria mislukking.
  • Criação de vagas em agosto é a pior da série histórica (link aqui) e apresenta recuo de 20% em relação a agosto de 2013. Ainda assim o ministro do trabalho viu os números como sinal que a economia brasileira não está bem (link aqui).
  • A balança comercial em agosto apresentou o menor superávit comercial nos últimos 13 anos, o feito só foi alcançado por conta da exportação de uma plataforma que nunca saiu do Brasil (link aqui). O saldo foi de US$ 1,16 bi e a plataforma foi exportada por US$ 1,11 bi.

Há quem prefira atirar no mensageiro e acusar de pessimista quem se limita a listar os fatos...



Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Votação do fundo eleitoral por partidos,

2016: O ano que o Império da Lei venceu o império do governante.

Desempenho da economia durante o regime militar: o que dizem os dados?